Clareamento dental a laser

Embora o clareamento dental a laser tenha se tornado mais acessível e fácil de fazer, trata-se de um procedimento que exige não só alguns cuidados, como também o acompanhamento profissional até mesmo quando se opta pela versão caseira.

Apesar de não haver ainda pesquisas formais sobre esse tema, os cirurgiões-dentistas evidenciam o aumento considerável na procura pelo clareamento dental a laser.

Isso porque um sorriso bonito, com dentes alinhados e brancos, se tornou o objetivo de muitas pessoas, mudando consideravelmente a prioridade anterior, que era restrita à saúde oral.

Vale ressaltar, no entanto, que por mais simples que pareça o clareamento, esse procedimento não é puramente estético e requer muito critério. A orientação de um cirurgião-dentista é indispensável.

Isso porque somente um profissional saberá orientar com segurança a concentração ideal do produto, a frequência, a maneira correta de aplicar o gel e o grau de branqueamento compatível com cada perfil.

Informações importantes sobre o clareamento dental a laser

Embora o tratamento tenha ficado conhecido como “clareamento a laser”, o tratamento também pode ser realizado com luzes de LED. O clareamento é feito pelo gel e não pela luz, o que serve para acelerar o processo.

Aliás, a agilidade no processo é um dos principais detalhes que tornam o clareamento dental a laser um procedimento tão popular no mercado.

Com no mínimo três sessões da aplicação do gel ou luz, já é possível sentir o resultado expressivo de uma cor mais clara nos dentes.

O pós tratamento do clareamento dental a laser

Depois que as aplicações do laser acabarem, o tratamento ainda não estará terminado.

Isso porque há algumas restrições alimentícias as quais o paciente precisa seguir, por um tempo, para manter a cor alcançada no tratamento.

Alguns alimentos que não devem ser ingeridos no primeiro mês pós tratamento são:

  • açaí;
  • molho de tomate;
  • ketchup;
  • chocolate;
  • refrigerante;
  • e demais alimentos com pigmentação forte.

Esses tipos de alimentos podem fazer com que os dentes voltem à cor anterior, retornando ao amarelado.

Afinal o objetivo do clareamento dental a laser é justamente remover a pigmentação adquirida pelo contato com alimentos desse tipo, portanto, nos primeiros dias após o tratamento de clareamento dental a laser, é preciso não voltar a ingeri-los para que a ação se torne contínua pelo máximo de tempo possível.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende clareamento dental a laser:


clareamento dental a laser
clareamento dental a laser