Clareamento com moldeira

As pesquisas do mercado de beleza não deixam dúvidas: o brasileiro é um dos povos mais vaidosos esteticamente do mundo. No ranking de cirurgias plásticas realizadas anualmente, o país disputa a liderança com os Estados Unidos há alguns anos, segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética.

Tanto cuidado com a imagem pessoal não poderia deixar de incluir a boca e os dentes, e é aí que o clareamento com moldeira pode ser uma ótima opção.

Isso porque com a idade, os dentes escurecem e isso ocorre porque o esmalte se desgasta, tornando a dentina (tecido que está por baixo e que determina a coloração dental) mais visível.

A dentina vai se tornando mais densa, o que deixa os dentes mais escuros e amarelados. O consumo frequente de açaí, café e outros alimentos ou bebidas que possuem em sua composição grandes quantidades de corantes, naturais ou artificiais, interferem na pigmentação natural do dente, assim como fatores genéticos e/ou má higiene.

Além disso, o contato com tabaco e até com alguns medicamentos influencia a tonalidade fazendo com que muitas pessoas busquem por clareamento com moldeira.

Como funciona o clareamento com moldeira

No clareamento com moldeira o paciente recebe do médico dentista um kit para realizar o clareamento em casa. Esse kit conta com:
  • Moldeira (suporte plástico no formato dos dentes para promover o contato entre o gel e o aparelho dentário);
  • Seringas do gel clareador;
  • Ponteiras da seringa;
  • manual de instrução.

Ao entregar esses elementos é de responsabilidade do profissional orientar o paciente quanto a forma de aplicação, que normalmente deve ocorrer durante à noite, de modo que o paciente fique com o gel durante as horas de sono.

O clareamento com moldeira garante dentes 100% brancos?

Assim como qualquer outro método de clareamento, o clareamento com moldeira age até onde a pigmentação natural dos dentes permitir.

Isso porque o esmalte do dente é translúcido, mas a dentina tem o seu próprio matiz, que normalmente varia do amarelo ao laranja.

Isto é: quanto mais fino for o esmalte, mais se percebe o matiz da dentina.

Durante o processo de clareamento com moldeira, a cor do dente não é alterada, mas sim a saturação, o “croma” dessa cor para mais ou menos saturado.

Na maioria dos pacientes há uma significativa alteração no grau de saturação, tornando os dentes menos amarelados até que se chegue à tonalidade do branco.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende clareamento com moldeira:


clareamento com moldeira
clareamento com moldeira